ginecomastia tratamento

Ginecomastia Tem Tratamento? Como Reduzir ou Eliminar?

O crescimento anormal do tecido mamário masculino leva à condição conhecida como ginecomastia. Embora não seja uma doença em si, as consequências desta condição podem ser severas, levando a queda na autoestima, isolamento social e até quadros mais graves, como a depressão. Se tratando de uma condição que aflige milhões de homens pelo mundo, nada mais natural do querer saber se há tratamento para ginecomastia.

Neste artigo, conversamos sobre as variadas causas que podem levar à ginecomastia, seus impactos emocionais e, claro, as opções de tratamento disponíveis – cirúrgicas e não cirúrgicas. 

A busca pela eliminação ou redução eficaz da ginecomastia começa com o diagnóstico preciso e a escolha da abordagem correta. Vamos explorar as alternativas para que você possa tomar decisões informadas sobre como lidar com a ginecomastia de forma eficaz.

Vamos lá?

Entendendo a ginecomastia

A ginecomastia é um problema que afeta exclusivamente os homens e é caracterizado pelo crescimento anormal das mamas masculinas decorrente de um crescimento anormal do tecido mamário. Isso pode fazer com que os seios pareçam mais inchados e maiores do que o normal, levando a um aspecto que lembra as mamas femininas, maiores e mais desenvolvidas. A ginecomastia não é algo incomum e pode ocorrer em homens de todas as idades

Já quanto às causas da ginecomastia, elas podem variar bastante, inclusive tendo múltiplos fatores. Desequilíbrios hormonais, nos quais os níveis de estrogênio (o hormônio feminino) ficam mais altos em relação ao hormônio masculino, a testosterona, são uma causa comum. Isso pode acontecer durante a puberdade, na velhice ou decorrente do uso de certas drogas e medicamentos, como os esteróides anabolizantes.

Além disso, condições médicas como problemas na tireóide, fígado ou rins, também podem contribuir para a ginecomastia.

Além de um certo nível de desconforto na região, que pode ficar dolorida, a ginecomastia pode ter impactos na autoestima, autoimagem e bem-estar psicológico dos homens que convivem com esta condição.

ginecomastia reduzir

Diminuir ou eliminar a ginecomastia: tudo começa no diagnóstico

O primeiro passo para o tratamento da ginecomastia é entender se, de fato, a pessoa tem um quadro de ginecomastia. Isto é essencial por dois motivos.

O primeiro é que a ginecomastia pode ser confundida com outras condições, como a lipomastia. A chamada lipomastia é nada mais nada menos que o acúmulo de gordura na região das mamas. Ou seja, é essencial entender se se trata, de fato, de um caso de desenvolvimento do tecido mamário ou “apenas” de gordura acumulada na região.

O segundo motivo é que entender a causa é essencial para direcionar o tratamento e garantir que a ginecomastia não irá retornar. Caso a ginecomastia seja decorrente de um desequilíbrio hormonal, por exemplo, pode ser necessário, além da cirurgia (falaremos mais dela adiante), também realizar um tratamento hormonal junto a um médico endocrinologista.

Ginecomastia tem tratamento?

Sim. A ginecomastia tem tratamento. O padrão ouro de tratamento para eliminar a ginecomastia é a chamada cirurgia de ginecomastia com retirada do excesso de tecido mamário da região.

ginecomastia eliminar

Então, é possível eliminar definitivamente a ginecomastia?

Sim, por meio da cirurgia de ginecomastia, mais a identificação das causas subjacentes à ginecomastia, é possível tanto eliminar a ginecomastia, e evitar o seu retorno.

Tratamento cirúrgico para a ginecomastia

A chamada cirurgia de ginecomastia é um procedimento que tem o objetivo de eliminar a ginecomastia e o aspecto aumentado das mamas masculinas pela soma de duas técnicas.

A principal é a retirada do excesso de tecido mamário. Esta, por sua vez, pode ser combinada com a aspiração de parte do excesso de gordura localizado na região. Por meio da combinação destes procedimentos – a retirada cirúrgica de tecido mamário e a lipoaspiração – é possível devolver ao paciente o aspecto mais magro da região, tornando os músculos do peitoral mais visíveis e eliminando o aspecto típico da ginecomastia.

A cirurgia de ginecomastia é um procedimento seguro?

Sim. De maneira geral podemos dizer que se trata de um procedimento cirúrgico de baixo risco quando realizado em ambiente hospitalar adequado e por um profissional experiente. Ainda, é uma cirurgia relativamente rápida (durando cerca de uma hora), que pode ser realizada com anestesia local e sedação e em que o paciente recebe alta no mesmo dia do procedimento.

É uma cirurgia que deixa cicatrizes?

Os cortes realizados para a cirurgia de ginecomastia são pequenos, realizados em formato de meia-lua na parte inferior da aréola das mamas e tendem a levar a cicatrizes bastante discretas – praticamente imperceptíveis na maioria dos casos.

Tratamento não cirúrgico para a ginecomastia

As opções de tratamento para a ginecomastia não cirúrgicos podem possibilitar que o paciente diminua o aspecto da ginecomastia, mas normalmente não possibilitam eliminá-la totalmente.

Entre as opções não cirúrgicas temos tratamentos hormonais, uso de alguns medicamentos específicos e, claro, mudanças de estilo de vida, como dieta e musculação, especialmente quando a ginecomastia está associada a um acúmulo de gordura na região e/ou um quadro de sobrepeso ou obesidade.

Tratamento da Ginecomastia – Considerações Finais

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre as opções de tratamento para a ginecomastia. Caso você tenha alguma dúvida sobre a cirurgia de ginecomastia, o tratamento mais efetivo para lidar com esta condição, conte com o Doutor Opera – temos médicos especialistas neste procedimento e já estamos realizando a cirurgia de ginecomastia na cidade de Campinas, São Paulo.

Se você quer continuar sua pesquisa e busca por informação, confira este vídeo da TV Doutor Opera em que nosso médico, o Doutor Marcelo Assis, explica um muito mais sobre a cirurgia de ginecomastia! 

Confira nossas cirurgias

Ficou com alguma dúvida?

Cadastre-se e fale conosco 




    Leia tabém:

    Veja também

    Ficou com alguma dúvida sobre a cirurgia?

    cadastre-se e fale com um atendente pelo WhatsApp!




      procedimentos cirúrgicos

      Preencha os campos a baixo para iniciar sua ligação gratuitamente.




        WhatsApp de atendentes disponíveis

        Atendimento Doutor Opera

        Online

        Olá! 😁  Tire todas as suas dúvidas via WhatsApp.

        Preencha os campos abaixo para iniciar uma conversa comigo.



          Restam poucas vagas para
          realizar sua harmonização

          Quantidade de vagas preenchidas para a cirurgia

          foram preenchidas

          Preencha o formulário e garanta a sua harmonização