ptose palpebral

Ptose Palpebral: Causas, Sintomas e Tratamento das “Pálpebras Caídas”

Você já ouviu falar em ptose palpebral? Este é um termo médico utilizado para indicar a condição da queda da pálpebra superior, que pode ser um problema apenas estético, mas também pode causar até mesmo a perda da visão em casos raros. Popularmente, é comum que essa condição seja chamada de “pálpebras caídas”.

Confira neste artigo do Doutor Opera o que é a ptose palpebral, quais são suas causas, sintomas e o tratamento.

Boa leitura!

O que é Ptose Palpebral

A ptose palpebral é a queda da pálpebra superior, que cobre uma parte da visão e pode ser causada por alterações no músculo ou problemas neurológicos.

A ptose palpebral é diagnosticada quando a pálpebra superior cai e passa a cobrir parte ou todo o globo ocular. Enquanto a ptose leve causa apenas um aspecto assimétrico do rosto, a ptose severa, pode ocasionar a baixa visual por impedir a entrada da luz.

A ptose palpebral pode afetar apenas um dos olhos (unilateral) ou ambos os olhos (bilateral).

O que é ptose palpebral?

Causas da Ptose Palpebral

A ptose palpebral se diferencia por meio de suas causas. São elas: a ptose palpebral congênita e a ptose palpebral adquirida.

Ptose palpebral congênita

Presente desde o nascimento, sua causa mais comum é uma disfunção do músculo levantador da pálpebra superior. Essa disfunção geralmente ocorre de maneira isolada, ou seja, sem relação com outros problemas de saúde.

Alguns casos mais raros de ptose congênita podem estar associados a doenças genéticas, como a síndrome da blefarofimose, ou a algumas disfunções neurológicas.

Ptose palpebral adquirida

Causa mais comum, é mais incidente em idosos. É causada pelo alongamento do tendão do músculo responsável por levantar a pálpebra superior devido a alterações anatômicas que ocorrem com a idade.

Ptose miogênica

Alteração no músculo ou na junção neuromuscular, a ptose miogênica também é relativamente rara.

Ptose neurogênica

Relativamente incomum, é quando a ptose é causada por alterações na inervação, ou seja, uma disfunção das terminações nervosas da região. Pode estar associada a outras condições, como esclerose, hipertensão e intoxicação.

Ptose mecânica

Ocorre devido ao efeito de massa, como um hemangioma ou tumor palpebral, ou por cicatrização após trauma ou cirurgia. Uma ptose causada por um hábito excessivo de coçar e pressionar a região também pode ser caracterizada como uma ptose mecânica ou traumática, a depender da literatura médica.

Entre os casos de ptose adquirida, há também outras causas mais incomuns, que conferimos abaixo.

Tratamento da Ptose Palpebral

O tratamento da ptose palpebral, quando indicado, é cirúrgico e as técnicas variam de acordo com o tipo e o grau de ptose. O principal deles é a cirurgia de blefaroplastia.

ptose palpebral cirurgia

Como é feita a cirurgia de blefaroplastia

A cirurgia de blefaroplastia é realizada em hospitais ambulatoriais, com anestesia local e, geralmente, sedação, visando garantir a segurança e o conforto do paciente.

O procedimento dura em média 30 minutos e o corte é realizado na parte superior da pálpebra, facilitando a remoção de gordura e excesso de pele dessa região.

Cerca de 40 minutos após o procedimento, o paciente passa pela área de recuperação anestésica, faz um lanche e, logo depois, recebe alta e já pode ir para casa.

Após a cirurgia, é normal que a região apresente inchaço, roxidão e o paciente tenha dificuldade em abrir os olhos. Inicia-se, então, o processo de recuperação da blefaroplastia.

Nos primeiros sete dias, é importante evitar o contato direto com o sol e utilizar óculos escuros, não dirigir ou fumar, realizar compressas frias na região, manter uma dieta leve e pouco gordurosa e não realizar atividades físicas que possam aumentar a pressão na região dos olhos.

Na segunda semana, já com a região dos olhos desinchada, é possível retornar ao trabalho e retomar a maioria das atividades cotidianas, mas ainda evitando atividades físicas mais pesadas, como levantar pesos. Após 15 dias, boa parte dos pacientes já estarão totalmente recuperados! Fora isso, é claro, deve-se sempre seguir as recomendações médicas.

palpebra caída

Como é fazer a cirurgia da ptose palpebral com o Doutor Opera

O Doutor Opera é uma empresa que facilita o acesso às cirurgias plásticas, como a blefaroplastia, a cirurgia da ptose palpebral, por meio de valores acessíveis com profissionais experientes!

Oferecemos atendimento online para que nossos pacientes tirem dúvidas e recebam orientações da nossa equipe médica, durante o pré e pós-operatório.

Além disso, nossa equipe médica é formada por cirurgiões especialistas em cirurgia plástica, anestesistas, instrumentadores e auxiliares, ou seja, uma equipe completa para prover segurança e qualidade em cada procedimento realizado.

Também visando a máxima segurança dos pacientes, as blefaroplastias realizadas pelo Doutor Opera ocorrem sempre em ambiente hospitalar, com estrutura completa para atender o paciente com todo o conforto e equipamentos necessários.

Se interessou? Você pode conversar com nossa equipe e tirar todas suas dúvidas pelo WhatsApp!

Esperamos que tenha gostado da leitura sobre ptose palpebral – e para entender mais, confira nossa página completa sobre a cirurgia de blefaroplastia.

Confira nossas cirurgias

Ficou com alguma dúvida?

Cadastre-se e fale conosco 




    Leia tabém:

    Veja também

    Ficou com alguma dúvida sobre a cirurgia?

    cadastre-se e fale com um atendente pelo WhatsApp!




      procedimentos cirúrgicos

      Preencha os campos a baixo para iniciar sua ligação gratuitamente.




        WhatsApp de atendentes disponíveis

        Atendimento Doutor Opera

        Online

        Olá! 😁  Tire todas as suas dúvidas via WhatsApp.

        Preencha os campos abaixo para iniciar uma conversa comigo.



          Restam poucas vagas para
          realizar sua harmonização

          Quantidade de vagas preenchidas para a cirurgia

          foram preenchidas

          Preencha o formulário e garanta a sua harmonização